04 outubro 2021

5 dicas para escolher sua profissão e exercícios para descobrir suas aptidões

em 04 outubro 2021

Tempo de leitura:

 

5 dicas para escolher sua profissão e exercícios para descobrir suas aptidões


  • Não é fácil escolher uma carreira profissional, ou até mesmo optar por trocar a que estamos no momento, são inúmeras opções e muitos fatores para colocar na balança na hora da escolha.

  • Mas se a dúvida é grande e você está indeciso por qual caminho profissional irá optar aqui vão algumas dicas e exercícios que podem lhe ajudar a descobrir suas aptidões e talentos.


  • Daremos uma clareada de como você pode escolher sua futura profissão, dicas simples, mas que podem ajudar a não cometer erros, e ter vontade de trocar ou acabar abandonando o que estiver fazendo, porque quando começamos um curso superior e no meio do caminho, percebemos que não é aquilo que pensamos é super complicado. 

  • São muitas coisas para avaliarmos na hora de escolhermos nossa profissão.

  • Confira essas cinco dicas para escolher sua profissão e dar início a essas, jornada tão importante na nossa vida.
  • No mundo atual e corrido o tempo se tornou muito precioso, são tantas coisas para aprendermos, conhecermos e experimentarmos.

  • Por isso é muito importante nos dedicarmos a escolher uma profissão que nos complemente.
  • O mercado de trabalho está cada dia mais competitivo, exigente e repleto de novos e experientes profissionais,  cada ano que passa temos que nos empenhar mais e mais para nos tornamos bons na profissão que escolhemos para seguir uma carreira.

  • Para quem já está no mercado de trabalho e deseja trocar de ramo profissional, para quem ainda não escolheu uma profissão, não se decidiu por uma carreira a seguir ou para aqueles que depois de um longo tempo não conseguem se recolocar no mercado de trabalho e praticamente se veem obrigados a recomeçar e escolher uma nova carreira, aqui vão:



 Cinco Dicas para você Escolher sua Profissão 



  • 1Paquere a Profissão
  • Leia tudo que você puder sobre a profissão do seu interesse.
  • Assim terá uma ideia do que é a profissão com que instrumentos ela trabalha em que áreas, se é de contato direto ou indireto com as pessoas, categoria de local de trabalho, se possui exigências profissionais que você se encaixa ou regras que às vezes você pode vir a não concordar. 

  • Depois compare se você se encaixaria bem nela se é algo com o qual se sente à vontade em fazer. 

  • Tudo OK, vamos adiante. 

  • Caso contrário reveja as profissões que lhe despertam interesse.


  • 2. Namore a Profissão

  • Agora buscaremos a formação para essa profissão é somente faculdade, possui curso técnico em que eu possa estar iniciando, curso rápido. 

  • Pesquise todas as redes de ensino credenciadas para ministrar a faculdade, curso técnico, curso rápido, tempo de duração, carga horária diária, currículo de ensino  tópicos abordados. 

  • Compare mais de uma instituição de ensino seus prós e contras, se é possível realizar a faculdade ou curso à distância pese tudo e opte pelo qual for mais viável para você.
 
  • Não se empolgue ou vá atrás de ah dizem que essa ou aquela é melhor, vá conferir pessoalmente e tire suas conclusões e lembre-se também nem sempre o mais caro ou mais famoso é o melhor.
 
  • Obs: Sempre verifique se a instituição está registrada e reconhecida, oferecendo um diploma válido para a faculdade ou curso.


  • 3. Convivência Maior

  • Se o curso ou faculdade, escolhido poder ser efetuado somente presencial.

  • Visite mais de uma instituição para conhecer que ambiente irá frequentar, conheça desde o corpo docente que irá ministrar as aulas até os alunos que ali estarão com você, afinal você frequentará o local e conviver com essas pessoas cerca de 2 há 6 anos dependendo que tiver optado. 

  • Se possível assista uma aula, depois visite um local com o ambiente de trabalho  escolhido para ter certeza no caminho certo.
  • Pois, vale lembrar que teremos que conviver com essa profissão e suas tarefas por cerca de 40 anos da nossa vida e passando maior parte do tempo diário no seu exercício  e convivendo com outros profissionais da área ou ligados a mesma. 


  • 4. Casamento

  • Somente após cumprir às três etapas acima seremos capazes de pensar no futuro casamento com a profissão. Mas antes de tomar a decisão final  é necessário realizarmos uma análise, perguntando:

  • Porque você escolheu essa profissão. 

  • Por descartar as outras (sabendo os motivos, trará mais segurança para seguir)
  • Tempo e dinheiro que terá que investir, antes de qualquer coisa foque em planejamento, pois é muito triste termos que abandonar algo que almejamos pela metade.

  • Para quem, trabalha fora ou já possui uma família organização prévia para conciliar tudo.

  • 5. Dica de Ouro

  • Não tenha pressa, tire opiniões, mas não deixe que as pessoas decidam por você, não se deixe pressionar (seja por pais, recolocação de mercado entre outros), para escolher logo o que efetuará, decisões tomadas na aflição das situações acabam não sendo as melhores.

  • Veja se sente feliz e a vontade no que fará.

  • Inclua seus sonhos, desejos, dons, metas na sua escolha, tente se visualizar exercendo a profissão, conseguindo fazer isso é certa a profissão escolhida.

  •  Conclusão das Nossas Cinco Dicas para Escolher uma Profissão.

  • Busque uma profissão que lhe proporcione realizar seus desejos, mas que você conduza com amor, que lhe traga prazer, lógico reconhecimento financeiro e também profissional.
  • Tenha sempre foco, planejamento e principalmente perseverança.
  • Boa Sorte na sua escolha.


Descubra suas aptidões com esse exercícios


Descubra suas aptidões com esse exercícios



  • Técnicas de coaching

  • Primeiro passo é perguntar: qual era meu papel nas brincadeiras de criança?
  • Puxe pela memória para lembrar as atividades que lhe davam muito prazer quando era pequeno. 
  • Nesses jogos e brinquedos, afloravam seus talentos naturais, que, sob a influência da educação escolar, do ambiente familiar e social e das circunstâncias da vida foram esquecidos.
  • Eles podem ser a chave para uma mudança ou readequação profissional.
  • Faça os exercícios para descobrir suas aptidões profissionais ou para redescobrir aptidões que possam ter ficado para trás.
  • Em uma folha de papel escreva as brincadeiras de que mais gostava, detalhando ao máximo as situações e as habilidades envolvidas. 
  • Não precisa lembrar de tudo na hora deixe o papel à mão e aumente a lista enquanto os divertimentos voltarem à memória.
  • Não, se censure. 
  • Por exemplo, o fato de você brincar de balé não significa que seria um bailarino profissional. Situe a diversão em um contexto maior, as brincadeiras eram em grupo, você cuidava do figurino, da coreografia, da trilha sonora? 
  • E assim por diante.
  • Cada indício pode fornecer uma descoberta para um futuro profissional, em que se unirá talento, prazer no exercício da sua função e sucesso.

  • Faremos um inventário de seus dons e desejos.

  • Ao escolher uma profissão ou dar uma guinada rumo à realização pessoal, precisamos juntar várias peças do quebra cabeça da vida tem tanta coisa que curtimos fazer ou sonha em fazer. 

  • Vivemos numa época de opções ilimitadas, e isso contribui para a confusão. (Quem pensaria alguns anos atrás a cursar faculdade de gerenciamento ambiental, ‘web’ ‘design’ ou culinária entre outras?) 

  • Faça esse exercício para tentar desfazer o nó das possibilidades.

  • Chamado mapa mental, é parte do coaching — um estilo de treinamento que visa a recapacitação de executivos.
  • Pegue uma folha de sulfite e desenhe um pequeno quadrado no meio. 

  • Dentro dele escreva a palavra EU.
  • Partindo do quadrado, trace linhas em volta dele, como se fosse o sol. Na extremidade de cada uma, escreva uma atividade que você sabe fazer bem. Trace quantas linhas quiser.
  • Repita o procedimento, sempre a partir do quadrado, dessa vez listando nas extremidades das linhas as atividades que você sente prazer em realizar.

  • Faça mais uma vez, escrevendo as atividades que você gostaria de exercer.
  • Tente ligar atividades com um traço e anote as palavras que vierem a cabeça. 

  • Por exemplo, você pode ligar, ”receber visitas” atividades que lhe da (prazer) com “cozinhar” (atividades que sabe fazer bem) e pensar nas palavras “restaurante” e “bufê”. 
  • Essa associação pode refletir esta nova possibilidade trabalhar com algo relacionado à culinária.

  • Seu mapa mental não tem que ter logica. Também não há palavras ou associações certas, ou erradas. O importante é deixar a imaginação fluir.



Realize um auto retrato 


Faça um auto retrato



  • Mesmo que não tenha menor habilidade para desenhar.
  • Comece do começo, pegue uma folha de papel em branco, um lápis e uma borracha. 
  • Procure um bom local, confortável e com boa iluminação.
  • Prepare um espelho a sua frente e coragem, não fique pensando, desenhe.

  • Após pronto examine o desenho e procure descobrir o porquê de cada traço.

  • Observe cada expressão que você deu a si mesma. 
  • Faça outros desenhos. 

  • Ao final de cada mês — e não — antes, compare os primeiros com os últimos.

  • Isso também ajuda você a entrar em contato consigo mesma e se auto analisar.

  • Após praticar com calma e analisar esses exercícios você estará muito mais próximo da profissão ideal, à qual exercerá com prazer, crescer e estar sempre se renovando porque quando fazemos algo que gostamos, realizamos com prazer e estamos sempre em busca de aprimoramento.

  • Experimente e se desejar conte aqui no blog como foi sua experiência.😉

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você leu um artigo escrito com grande dedicação. Gostou? !
Deixe seu comentário, crítica e sugestão, eles são importantes para o desenvolvimento do Blog.
Sua mensagem será respondida o mais rápido possível.
Obrigado pela visita, volte sempre. Aproveite para inscrever-se e receber as novidades.

Confira também, outros artigos: