Como monetizar o blog com Google AdSense, passo a passo

em 17/08/2022

Tempo de leitura:

 

Como monetizar o blog com Google AdSense, passo a passo estratégico


Antes de darmos inicio à primeira postagem da série monetizar blog, espero que você tenha lido os artigos anteriores.


Caso ainda não, recomendo que retorne e leia será fundamental para prosseguir e obter exito nas demais postagens da série.


Começaremos pelo modo de monetização mais conhecido entre todos, o Google AdSense.


Mas antes de sabermos como introduzir e gerar uma renda através dele vamos entender melhor.


O que é o Google AdSense?


Lendo e pesquisando sobre a maioria dos sites e até o próprio suporte do Google explica que:


O Google AdSense é um programa, uma ferramenta desenvolvida pelo Google que possibilita a exibição de anúncios comerciais em sites, blogs e vídeos de terceiros.


O AdSense é grátis, interface intuitiva, que pode ser usado para monetizar os canais de comunicação online.


A ferramenta dá, o espaço para os anunciantes nas plataformas liberando um valor ao dono da plataforma, um intermediário que viabiliza o espaço nas mesmas.


Assim quando os visitantes clicam em anúncios, o site, blog, canal (YouTube), ganha uma porcentagem.


Uma coisa importante que o Google deixa claro é que:

A política de privacidade do AdSense prevê que caso não desejamos determinados estilos de anúncios podemos bloqueá-los.


É importante sempre estar a par da política de privacidade do AdSense para saber suas melhores práticas e estar em conformidade, com a plataforma.


Requisitos para ser aprovado?


Não tem muita complicação, mas devemos nos atentar para alguns detalhes, como:

Ser maior de 18 anos;

Possuir conta em banco que deve ser no mesmo nome do titular da conta AdSense;

O óbvio possuir um blog (ou mais), canal no YouTube, ativos com conteúdo publicado, blogs que infringem a política de privacidade não serão aprovados


O ideal é realizar seu cadastro com o blog bem organizado, com pelo menos 50 postagens com conteúdo bem formulado e um mínimo de 1000 visualizações diárias.


Você ainda não entende muito de SEO, confira todas as Dicas de SEO, publicadas aqui no blog.


Não esquecendo que, é preciso já ter aplicado técnicas de SEO, otimização de imagens, conteúdo e layout.


Quanto as visualizações, devo confessar que acabei cadastrando meu blog antes de atingi-las, eu devia estar com um pouco mais da metade, mas tudo bem os anúncios acabaram por contribuir para ir aumentando.


Primeira coisa a fazer é se inscrever no Google AdSenseInscrever-se.

Para quem usa a plataforma do Google o Blogger é bem simples abra o menu do mesmo vá em ganhos e você verá:


Exemplo de como conectar AdSense no blogger do blogger

Já para usa a plataforma Wordpress, o processo é o seguinte:


Vá à sessão de plugins da plataforma e procure por Advanced Ads, abra o plugin e em configurações procure pela opção AdSense, instale e ative clique em conectar a conta do AdSense e siga o processo pedido pelo Google.


Após seu blog ser aprovado, é hora de saber como tudo funciona.


Analisar todas as formas de anúncios disponibilizados e quais serão os melhores, para você divulgar.


Assim que você abrir sua página de publisher você observará a esquerda o menu, como na imagem abaixo:


Como monetizar o blog com Google AdSense, passo a passo estratégico


A primeira providência é inserir o código do AdSense ao seu blog. Como?


Se você usa a plataforma Blogger vá ao menu, configurações (a roda dentada no menu), e role a página até monetização, insira o código fornecido pelo AdSense.


Onde inserir o código no blog do Blogger isso é super fácil, basta ir em layout no menu do seu blog e inserir um Gadget do Adsense e adicionar onde acreditar que fica melhor.


Após essa etapa é bom já ativar o ads.txt personalizado como está no exemplo abaixo.


Demonstração de como inserir código do AdSense no blog


Retorne ao AdSense para as demais instruções.


Na página inicial, após tudo configurado, é onde aparecerá seus ganhos estimados e saldo.


Logo abaixo cartões de informações e painéis de desempenho.


Agora iremos configurar a parte de privacidade e mensagens.


configurando mensagem de privacidade


lei GDPR configuração


Assim que estiver tudo instalado, a primeira coisa a fazer é deixar as mensagens em ordem e configuradas como nos exemplos acima, leia com atenção e configure tudo conforme as explicações do Adsense.


Agora é hora de irmos em anúncios que é onde você irá configurar o que será exibido em seu blog.


Nessa aba você encontrará:


Demonstração da aba de anúncios
Se você ainda não domina a forma de inserir anúncios, é melhor deixar o próprio AdSense controlar os melhores anúncios e locais para exibição.

Enquanto isso, vá estudando as demais formas de anúncios disponibilizadas e realize as experiências personalizadas.


O Adsense oferece muitos tutoriais e sugestões para incluirmos os anúncios de forma que possamos obter o máximo proveito dos anúncios.


Eu passei os dois primeiros meses lendo, testando e aplicando todas as sugestões e dicas fornecidas por ele, além de realizar sempre as experiências para poder aplicar o que funcionaria melhor no blog.


Percebi que os anúncios logo abaixo do cabeçalho são muito eficientes, um dos que mais traz resultados para o blog aqui.


Após esse período e analisando minhas postagens com melhor desempenho, passei a incluir anúncios in-article em locais estratégicos nos artigos.


Todo bloco de anúncio e experiências que você criar nomeie de forma que você possa acompanhar seu desempenho. 


Não esqueça de configurar o Adsense no Google Analytics, para acompanhar melhor o desempenho dos blocos de anúncio.


Mas, enquanto você não realiza essa tarefa e entente como acompanhar o desempenho através do Analytics, o painel do Adsense também oferece várias formas para você acompanhar o desempenho de seus anúncios.


Agora é hora de colocar em prática e ativar a monetização para seu blog.

Você pensa que não, vale a pena instalar o Adsense no seu blog, foi reprovado ou banido e gostaria de outras alternativas!


Fique atento ao próximo artigo:

Alternativas ao Google Adsense.


Dúvidas, sugestões, ou se você necessita de ajuda para configurar o Adsense, preparar seu blog entre em contato comigo.


Até a próxima quarta, não deixe de acompanhar a série.

Nenhum comentário , comente também!

Postar um comentário

Você leu um artigo escrito com grande dedicação. Gostou? !
Deixe seu comentário, crítica e sugestão, eles são importantes para o desenvolvimento do Blog.
Sua mensagem será respondida o mais rápido possível.
Obrigado pela visita, volte sempre. Aproveite para inscrever-se e receber as novidades.